Outubro chega-nos cheio de contradições e oposições.

Para entendermos o convite que outubro no faz, temos de falar da complexidade e das zonas mais cinzentas que fazem parte do nosso dia a dia.

E precisamos de o fazer de uma forma bem prática, tal como o próprio mês assim o exige.

Alinha-te aqui comigo.

Anda meio mundo perdido.

Não sabemos os papéis que queremos ocupar. Desdobramo-nos em mil e uma peças para chegar a todo o sítio.

Cumprir expetativas na profissão.

Nas nossas relações.

Não desapontarmos a família e os amigos que tanto esperam de nós.

Há uma divisão cada vez mais marcada entre o lado sobrevivente dentro de nós e o apelo a uma vida com significado.

Outubro entra em cena (e em grande!) no que toca a remendar esta separação.

Na verdade, 2019 já tem vindo a preparar-te para este último trimestre, quase como que um aviso subtil e simpático de que não dá para aguentar muito mais nesta separação.

O tempo é escasso.

Esta vida é só uma e se nada fizeres o fosso entre onde estás e onde queres estar vai ser cada maior.

Mas outubro é o prazo limite?

Claro que não… Ele apenas agita as tuas estruturas. 😜

Vamos ver como…

 

1) Segurança

Estás a ver aquelas estruturas que tomas completamente como adquiridas, que já estão automatizadas e que não são revistas há séculos e em que tens apoiado a tua sobrevivência?

Desde a tua rede de suporte (amigos e família incluídos), os teus hábitos e rotinas, até mesmo o trabalho que te aborrece seriamente.

Todas estas estruturas vão parecer pouco sólidas e instáveis.

Falhas de comunicação, desentendimentos, atrasos e desfechos imprevisíveis testam a tua flexibilidade, mas também até que ponto essas estruturas eram realmente seguras.

É o convite a conquistares o teu equilíbrio a partir do teu centro em vez de te apoiares em pilares fora de ti. Imagina-te a caminhar numa plataforma flutuante.

 

2) “Porquê” VS “Para Quê”

Podes passar uma vida inteira a tentar entender porque é que a vida aconteceu como aconteceu, o porquê dos desafios e de todas as impossibilidades ou olhar o outro lado da questão.

“Para quê?”

A qualidade das tuas questões (sempre, mas sobretudo este mês) dita a qualidade das tuas respostas.

Questionares a utilidade e o propósito do sítio onde estás na vida e das tuas escolhas vai abrir-te possibilidades na tua vida, aka clareza, para o futuro.

Então, Outubro vai ser um fofo e encher-te de “porquês” que deves tranformar em “para quê”.

Mas nem tudo são desafios.

2019 tem sido agitado, confuso e meio bipolar, bem sei…

A partir de Outubro se acalma para, por fim, respirares e…

Ganhares balanço para 2020 que não te vai dar descanso 😅

Com Amor ♡,

Ana Sequeira

Numerologia na Vida - Inspiração
Numerologia na Vida - Inspiração
Comentários do Facebook

Faz aqui o Download Gratuito do Programa

Missão - sem Pressão!

3 Estratégias Infalíveis para Eliminares o Esforço e a Insatisfação e Começares JÁ a Viver o Teu Caminho.

Privacidade

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This